domingo, 21 de agosto de 2011

A velocidade da luz


A maior velocidade da luz é atingida enquanto ela se propaga no vácuo: 299.790 quilômetros por segundo. Em qualquer outro meio a velocidade será menor. No ar, a diferença é pequena, mas a velocidade diminui bastante quando a luz passa, por exemplo, para a água ou o vidro. Isso acontece porque a luz interage com a matéria, ou seja, perturba os elétrons que formam suas moléculas. Essa interação pode ser de vários tipos. Um dos mais comuns é o efeito fotoelétrico – quando arranca elétrons dos átomos. A luz pode ainda energizar o elétron e fazer com que ele mude de lugar dentro do átomo.

O ‘corpo a corpo’ da luz com os átomos diminui a sua velocidade, que varia para cada uma das cores. A luz amarela, por exemplo, caminha a 299.700 quilômetros por segundo no ar, 224.242 na água e 197.607 no vidro. Fica mais fácil entender se compararmos o ar com uma quadra de futebol de salão e o outro meio com a grama que o rodeia, a bola tem certa velocidade no campo que é liso e provoca menos atrito. Ao passar para a grama, a bola rola mais devagar.

 
Autor: Cláudio Furukawa, físico da Universidade de São Paulo.
Fonte: Revista superinteressante on line.)

"A maior velocidade da luz é atingida enquanto ela se propaga no vácuo" e diminui quando perpassa elementos. É assim com a gente nos embates da vida. Atrasamos nosso progresso. Vezes por ser inevitável, vezes não.*

 
(*frase adaptada por Alberto Magalhães)

Nenhum comentário: